Visualizações: 98


25/03/2020 às 23:37:48
Cidades na China registram recorde de divórcios após quarentena

Em Xi\\'an, estão sendo realizados 14 divórcios por dia e cartórios estão sem horário para atendimento
créditos: Estado de Minas

Xi'an, capital da província de Shaanxi, região central da China, registrou um recorde de pedidos de divórcio nas últimas semanas. Com mais de 12 mil habitantes, a cidade vem contabilizando as separações desde 1º de março, fim do período de confinamento no país. Segundo reportagem da BBC Brasil, em algumas cidades não há mais horários disponíveis nos cartórios para tratar do tema nas próximas semanas.

"Nós começamos a receber alguns telefonemas para marcar um horário no dia 2 de março, e mais marcações surgiram para os próximos dias”, contou a oficial Wang, que trabalha no cartório de Beilin, em Xi'an, em entrevista ao jornal chinês em língua inglesa The Global Times. O cartório recebeu 14 reuniões de divórcio somente no quinto dia de março, e alcançou o limite de consultas estabelecido.

“Como resultado da pandemia, muitos casais ficaram juntos em casa por meses, o que alimentou os conflitos. Considerando que o cartório ficou fechado neste tempo, notamos um aumento nas marcações de reuniões de divórcio”, comentou Wang. A chinesa contou ao jornal que geralmente muitos casos de separação acontecem depois do Festival de Primavera, em fevereiro, e durante a época dos vestibulares.

O distrito de Xi’an, Yanta, também está sofrendo com uma situação similar. Segundo o oficial Han, a cidade fornece o serviço de cinco divórcios por dia e todas as datas das próximas semanas estão preenchidas.
 
"Nós recebemos muitos pedidos de divórcios e alguns se arrependeram”, afirmou Han ao The Global Times. O oficial contou que jovens cônjuges decidiram refazer o casamento um tempo depois de se separarem. Para completar, Han pede para os chineses serem mais sérios e prudentes para evitar decisões imprudentes.

Nas redes sociais, a notícia foi recebida como piada para alguns chineses. “Eu tenho visto cada vez mais histórias sobre separações. Muitas piadas também. Mas o problema parece sério", disse Ge, uma professora de 29 anos, em entrevista à BBC News Brasil. Somente em 2016, a China registrou 4,2 milhões de divórcios, um número 9 vezes maior do que o registrado em 1985.

Segundo a BBC, outras cidades da província chinesa também registraram recordes de divórcio. Especialistas, entretanto, assumem não se pode afirmar que as separações foram causadas pela quarentena, já que o cartório ficou fechado por mais um mês e os chineses veem se divorciando com mais frequência nos últimos anos.



COLUNISTA
Jardel Viana
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA






Receba Novidades

Cadastre seu e-mail e fique por dentro





CATEGORIAS




EQUIPE GEM'S

Listar Todos





PEDIDO MUSICAL




Sua Foto

Campo Obrigatório